sexta-feira, 20 de julho de 2012

Feliz dia do amigo

Ei voces, amigos. Pessoas que com o passar do tempo foram conquistando minha confiança e meu coração, me fazendo sentir segura o suficiente para dividir todos os meus pensamentos e sentimentos com voces. Sei que erro e que ainda errarei muito, e peço desculpa pelas vezes em que meus erros me fizeram uma pessoa má. Mas é graças à voces, as gargalhadas sem motivos, brincadeiras sem sentido e as conversas sem razões que eu crio forças pra seguir. Voces tem o dom de me fazer sorrir com suas idiotices quando tudo o que eu quero é cair em lagrimas. Conhecem meus defeitos, minhas manias e meus medos, e mesmo assim continuam ao meu lado. Só posso agradecer por tudo o que fizeram e ainda farão por mim. Peço que sempre fiquem ao meu lado, por sem voces não sei o que seria de mim. Feliz dia do Amigo à voces meus amigos, e à aqueles que tem alguém que tem a honra ser chamado de amigo.

"Eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem morrido todos os meus amores... mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos!" (Vinicius de Moraes)

quarta-feira, 18 de julho de 2012

Perdoar e esquecer

Na vida apenas uma coisa é certa, além da morte e dos impostos : Não importa o quanto voce tente, não importa se são boas suas intenções, voce cometerá erros. E voce irá machucar as pessoas, e se machucar. E se algum dia voce quiser se recuperar, há apenas uma coisa que pode ser dita; "Eu te perdôo." Perdoar e esquecer. É isso que dizem por ai. É um bom conselho, mas não muito prático.
Quando alguém nos machuca, queremos machuca-los devolta. Quando alguém erra conosco queremos estar certos. Sem perdão, antigos placares nunca empatam, velhas feridas nunca fecham. E o maximo que podemos esperar é que um dia tenhamos a sorte de esquecer.

quinta-feira, 12 de julho de 2012

Cicatrizes

Pessoas tem cicatrizes em todos os tipos de lugares inesperados, como mapas secretos de suas vidas pessoais, diagramas de todas as suas feridas antigas. A maioria de nossas ferid as antigas se curam, deixando somente uma cicatriz.Mas algumas não. Algumas feridas nós carregamos para todos os lugares, e acreditamos que ela já é antiga quando pensamos que já fecharam. O que é pior, é que novas feridas são horrivelmente dolorosas. Ou doem mais feridas antigas que deveriam ter se curado há anos mas nunca se fecharam? Talvez nossas feridas antigas nos ensinem alguma coisa. Elas nos lembram de onde viemos e pelo que passamos. Nos ensinam lições sobre o que evitar no futuro. É assim que gostamos de acreditar, mas nem sempre é assim. Algumas coisas temos que aprender de novo e de novo. Sempre doendo as novas feridas já machucadas.

terça-feira, 3 de julho de 2012

Ainda espero...

" Espero... Não sei se tenho tempo...
Espero... Poder estar atento pra lhe ouvir falar as coisas que eu não entendo.
Porque você me olha desse jeito? Como se voce quissesse alguma coisa, alguma coisa que eu tenho...
Alguma coisa que eu tenho que encontrar em meu caminho, pra que eu possa compreender sozinho as coisas que eu não entendo.
Porque o amor é passageiro? de viagens sem destino? como um filme sem roteiro?
Eu seria bem melhor assim, se tivesse voce junto a mim, talvez procurasse entender as coisas que eu não entendo! "

Eu procuro algo dentro de mim que nem eu mesma sei se existe... Esperar tem sido o lema da minha vida. Porque expor a minha vontade, ou simplesmente demonstrar e ter a esperança de receber algo em troca tem sido um eterno aguardo.