segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Adeus 2012. Olá 2013!

E assim os despedimos de mais um ano. Foram lutas, vitórias, derrotas. Houve casaço, superação, desanimo, tristeza, orgulho, realização. Tantos setimentos em tão pouco tempo. Sim, um ano é pouco tempo. É pouco tempo pra se estudar tudo o que deve-se saber, pouco tempo pra acreditar em tudo que deve ser acreditado, é pouco tempo pra viver tudo o que deve ser vivido. Mas não foi bom, nem ruim. Foi suficiente.
Tanta gente entrou a minha vida, tantas partiram, tantas permaneceram... As novas, eu agradeço por terem me aturado esse ano, e peço que não se vão, porque eu fiz tudo o que pude pra que ficassem ao meu lado, e não quero que partam. As que partiram, também agradeço, porque talvez tenha sido melhor assim. E as que permaneceram, meu agradecimento é ainda maior. Obrigada por ainda estarem ao meu lado apesar dos pesares, sei que não sou a pessoa com o gênio mais fácil de se lidar do mundo. Não foi um ano fácil pra mim, mas foi graças a vocês que hoje eu estou aqui para agradecer. Obrigada pelos sorrisos, pelas madrugadas em claro discutindo sobre a vida, pelas lágrimas de emoção, pelos abraços que consolam, pelas palavras que amparam. Obrigada por estarem em mais um capítulo da minha vida.
Eu desejo a todos meus sinceros votos de esperança, fé, conficança, amor e felicidade. Que 2013 seja um ano próspero, que ele traga em sorrisos as lágrimas que 2012 nos fez chorar. Que possamos fazer dele um ano realmente novo, novo em toda a sua esseência!
Tombos todos levam. Mas mais forte do que aceitar a derrota é ter coragem pra levantar e tentar denovo. Happy New Year!

" Para ganhar um ano realmente novo não precisa fazer lista de boas intenções para arquivá-las na gaveta. Não precisa chorar arrependido pelas besteiras consumadas nem parvamente acreditar que por decreto de esperança a partir de janeiro as coisas mudem e seja tudo claridade, recompensa, justiça entre os homens e as nações, liberdade com cheiro e gosto de pão matinal, direitos respeitados começando pelo direito de viver.
Para ganhar um Ano Novo que mereça este nome, você, meu caro, tem de merecê-lo. Tem de fazê-lo novo, e eu sei que não é fácil, mas tente, experimente, consciente. É dentro de você que o Ano Novo cochila e espera desde sempre."
Carlos Drummont de Andrade

segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

E amanhã é Natal

" Então é Natal e o que você fez? O ano termina e nasce outra vez "

Os dias se sucedem tão rápidos que nem nos damos conta da velocidade que a vida passa, e amanhã já é Natal outra vez... Foram tantas as lutas, tantos outros problemas, trabalhos, sofrimentos, sorrisos... Foram tantos os obstáculos, que eles nos fizeram ter força ainda maiores para supera-los. Enfim, foram tantas dores, tantos momentos amargos... mas também tantas alegrias, tantas vitórias...
E amanhã é Natal. E Natal é tempo de fraternidade, perdão, solidariedade, tempo de refeltir, de agradecer. E porque amanhã é Natal, é dia de reunir todos aqueles que juntos lutaram na alegria e na dor, e que apesar de todas as adversidades da vida permaneceram unidos.
Olhemos para nossa mãe a quem chamamos o ano inteiro para pedir roupa limpa, comida, aquela mãezinha que nos espera acordada até de madrugada, que nos cobre em uma noite fria, e digamos a ela que nossa vida nada seria sem ela. "Eu te amo minha mãe, você é tudo pra mim!"
Olhemos também para o pai a quem nos dirigimos para pedir dinheiro, carro emprestado, cartão de crédito, a quem muitas vezes batemos de frente, a aquele que te protege com unhas e dentes e muitas vezes não damos valor, e falemos com carinho a esse paizão que apesar de não termos o costume de dizer, ele é essencial na nossa vida. "Tenho certeza de que minha vida não teria sentido sem você. Eu te amo meu pai!"
Viremos aos nossos amigos, que perto ou longe estiveram ali ao nosso lado, nos proporcionando sorrisos, madrugadas acordadas, alegrias, felicidade, digamos a eles o quanto nossa vida seria sem graça e amarga sem suas caras de palhaços e seus sorrisos maliciosos. "Vocês são irmãos pra mim, e sem vocês eu não sei se estaria aqui. Eu os amo, meus amigos!"
E porque amanhã é Natal, sinta toda a alegria necessária para ser feliz a cada instante, deseje que seus sonhos e vontades tornem-se realidade, queira paz, saúde a você e as pessoas que estão ao seu lado. Encontre razões para cntinuar sorrindo, vivendo. Que nesse Natal você possa receber, mas principalmente dar muito amor. Desejo a todos um Feliz Natal, e que esse tempo sirva para nos ensinar novamente o valor que tem amar verdadeiramente.

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Lógica do dia

Pense como um japonês.

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Um pouco mais além

Eu tenho um milhão de ideias pra fazer posts, mas quando vi essas imagens não me conti e tive que coloca-las como prioridade. As imagens que eu colocarei aqui são de varios lugaes diferentes. Algumas vieram de um Observatório Europeu que completou 50 anos em 2012, outras foram divulgadas pelo National Geographic, e outras são simplesmente achados na internet. Mas todas são extremamente lindas. Aprecie com moderação.
Galáxia espiral NGC 3521, situada a trinta e cinco milhões de anos luz. Foto tirada pelo telescópio Hubble.

Lançamento do Ônibus Espacial Discovery.

Lua do Planeta Marte Phobos. Cientistas acreditam que as luas de Marte são asteróides desprendidos do cinturão de asteróides entre Marte e Júpiter. Imagina-se que Phobos será destruída pela força da gravidade de marte pois esta lua esta muito perto do planeta, aproximadamente 5.800 km.
Os últimos homens a pisar na Lua foram Eugene Cernan e Harrison Schmitt em Dezembro de 1972. O astronauta na foto é o Eugene Cernan e Harrison Schmitt pode ser visto no reflexo do capacete de Cerman.

Conjunto estelar NGC 6934, situado em nossa Galáxia Via Láctea na constelação Delphinus a mais ou menos cinqüenta mil anos luz. 

A Nebulosa de Hélix é  mais próxima da Terra (700 anos-luz), fica na constelação de Aquarius e seu nome popular é “O olho de Deus”. Esse corpo celeste é um bom exemplo visual do que acontece depois que uma estrela como o nosso Sol morre.
A cor azulada é resultado da exposição de átomos de oxigênio à radiação ultravioleta de uma estrela e ao calor de seus gases

 Essa é uma das minhas preferidas. Ela foi tirada por astronautas a bordo da Estação Espacial Internacional (ISS) Ela mostra ao mesmo tempo, a luz do dia invadindo o lado esquerdo da tela enquanto, à direita, auroras noturnas enfeitam o céu acima do Oceano Índico. Fantástico.

 Essa é outra nebulosa conhecida como Vassoura de Bruxa, foi formada depois de uma supernova que explodiu a milhares de anos atrás. 


Essa foi uma explosão solar conhecida como ejeção de massa coronária, que emite radiação do sol a uma velocidade de 1,4 mil km/s. Essa explosão de radiação não colide com a Terra, mas atinge o campo magnético do nosso planeta, produzindo auroras nos céus de determinadas regiões.

 Esta é uma tempestade enorme no Polo Norte de Saturno, fotografada em novembro de 2012 pela sonda Cassini a uma distância de 400 mil km.

 Essa parece até mentira. Em um aglomerado estelar no sul da contelação de Puppis considerado um berçário de estrelas, surgiu esse rosto fantasmagórico, porém, belíssimo.

Localizada na Constelação de Órion, a nebulosa Cabeça de Cavalo é uma grande reserva de petróleo em pleno espaço. Ela é composta por muitas moléculas interestelares de C3H+, que integra a família dos hidrocarbonetos. A foto acima é um mosaico de três imagens feitas pelo instrumento do telescópio Kuyen, no Chile, mas que não deixa de ser fantástica!

Imagem linda de Vênus, o segundo planeta mais próximo do Sol e é quase do mesmo tamanho da Terra. 


 Não poderia deixar de ter uma foto do nosso querido Planeta Terra não é?! A primeira foto foi tirada da Lua, na última expedição que chegou até lá. E a segunda foi uma imagem feita a partir de um satélite meteorológico russo, para registrar as mudanças crimáticas do nosso planeta.

E pra encerrar, esse ano como muitos puderam apreciar ocorreu o feômeno da Lua Azul, que mostra a lua 14% maior e 30% mais brilhante e que ocorre uma vez por ano em várias partes do mundo. E esse ano aqui no Brasil foi bem visível e maravilhoso. A primeira foto foi tirada no momento em que a Lua subia ao céu, e ficou perfeita pelo fato dela estar entre os braços do Cristo Redentor no Rio de Janeiro. E a segunda foi tirada por um amigo meu aqui na cidade de São Carlos-SP mesmo. Inpressionante não é?! Se daqui da minha cidadezinha do interior ela ficou perfeita, vale a pena conferir como ela ficou em outros lugares da Terra.

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Nova Super-Terra

Sou fascinada por estrelas, planetas e luas. Acho fantastico a quantidade de descobertas, e as maravilhas que eles nos proporcionam.
O site space.com divulgou recentemente imagens e vídeos sobre uma nova Super-Terra à apenas 42 anos-luz do nosso planeta, que apresenta varias características que mostram que lá talvez possa haver vida como nós a conhecemos.
Seu nome ciêntífico é HD 40307g, localizada em um sistema solar com 6 planetas que orbitam próximos a uma estrela anã. A distância que esse planeta se encontra do seu Sol é suficiente pra que haja água em forma líquida na superfície desse planeta, e ele também gira em torno do próprio eixo, fazendo com que haja dias e noites, como aqui.
Se todas essas informações sobre planetas que estão ou não no nosso sistema solar forem reais, cada dia que passa surgem maiores índicios de que não estamos sozinhos nesse abismo sem fim. Eu ainda não consigo imaginar a notícia da confirmação de vida extraterreste (não me refiro a E.T.s com orelinhas verdes e olhos esbugalhados, apenas vida fora do nosso planeta), mas também não dúvido. Exclusividade não me parece ser a vontade do universo.

domingo, 9 de dezembro de 2012

Guerras

Quando você acha que venceu uma batalha e deixou o mundo seguro, outra bomba enterrada aparece.
Algumas guerras nunca acabam, algumas terminam com uma desconfortável trégua, outras terminam em esperança e algumas resultam em completa e total vitória.
Mas todas essas guerras não são nada comparadas com a mais assustadora de todas: aquela que você ainda vai lutar.

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Medo do escuro

Quando você é criança a noite é assustadora porque há monstros escondidos embaixo da cama. Quando você cresce, os monstros são diferentes. Dúvida. Solidão. Arrependimento. E embora seja mais velho e mais inteligente, ainda se acha com medo do escuro. Mas quando enfrentamos nossos medos e recorreremos ao outro pedindo ajuda, a noite não é tão assustado porque percebemos que não estamos sozinhos na escuridão.

Solidão

Entramos no mundo sozinhos e saímos sozinhos. Devemos a nós mesmos encontrar uma compania. Precisamos de ajuda, caso contrário estamos nessa desligados uns dos outros. Sempre esquecemos o quanto conectados estamos, então ao invez dessa solidão, escolhemos amar. E amando nos sentimos um pouco menos sozinhos.

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Meu somebody

Não sei se muitos lerão, mas a intenção não é que leiam. Minha maior intenção é conversar comigo mesma, e refletir. Mas se você quiser entender, vai uma legendinha:

Ele* = alguém que um dia eu achei ser meu alguém;
 Ele' = o alguém que hoje eu quero que seja o meu alguém;

Eu acho que encontrei. Recebi alguns sinais que de talvez eu tenha encontrado. Será que foi a carência que me fez achar isso? Será que é denovo ilusão? Já estou cansada de só me iludir e ainda sofrer.
Era assim que eu achava, era assim que eu esperava que ele' fosse. Não existem palavras, eu não consigo achar palavras. E o um bom tempo ele' esteve ali, do meu lado, e só agora eu fui perceber. Porque eu não vi isso antes? Eu reclamei tanto, tanto, tanto. E ele' estava ali, era só eu ver e tentar. Fui boba, fui muito desligada e agora vem as consequencias. Pode ser que agora não haja mais tempo, pode ser que agora não haja mais o porquê (pra ele', porque pra mim é agora mais que nunca).
 Antes eu também achei que havia encontrado, e esse ele* era a pessoa que eu esperava que fosse. Era inteligente, tinha assuntos em comum comigo, me fazia rir, ria comigo. Iamos a lugares juntos, faziamos programas que até certos casais de namorados nunca fizeram. Eu imaginei que existisse algo entre nós, até o dia em que ele* não mais riu tanto, não mais me deu tanta importancia, não mais me procurou. Mais um alguém em vão, mais sentimentos que foram despertos e deixados para serem esquecidos. Ele* definitivamente não era o meu alguém...
 Continuei na minha busca incessante por alguém que fosse meu. Achei ter escondido minha decepção comigo mesma e com a minha vida. Achei que só aqueles a quem eu havia contado saberiam dessa minha tristeza interna. Mas descobri a alguns dias que outras pessoas também viram. Pessoas que eu não esperava que tivessem visto, porque à elas eu queria mostrar o meu lado bom, não esse meu lado cansado, exausto e depressivo. Ah se eu pudesse voltar no tempo e tirar aqueles olhos murchos e tristes e colocar no lugar o meu sorriso. Com isso eu poderia ter percebido antes se ele' poderia ou não ser o meu alguém. Não só agora , que pode ser tão tarde pra perceber.
Agora eu quero ele'. Quero ele' porque ele' parece ser o cara que me fará acreditar novamente em tudo o que eu deixei de acreditar por causa de alguém que não soube me amar. Ele' me faz rir, ah como faz. Me deixa envergonhada. Me mostra onde errei e me corrige se preciso. Me da atenção (ou pelo menos dava), me incentiva e acredita em mim mesmo quando eu não acredito. Pode ser que eu esteja confundindo um grande amigo com um grande amor. Mas não seria má ideia que esse grande amigo fosse o meu amor. Ele' é assim, brincalhão e irônico ao mesmo tempo, apaixonado sonhador, se envolendo mas não se entregando, triste e sorridente, inteligente e humilde. Características que não existem palavras pra expressar. Eu não o conheço muito bem, profundamente, mas adoraria conhecer. Só falta saber se eu poderei.
Ainda me falta a coragem pra fazer, fazer e agir! Desculpa, ainda falta. Mas acredito que a viagem que farei semana que vem me abrirá os olhos pra muita coisa. Assim espero. E que quando eu voltar, se nada ainda tiver mudado, eu terei coragem pra mudar.
 Sei que ele' não lerá, sei que ele não saberá que ele' é ele' por aqui. Mas se você ler, não se assuste. Não sou psicopata e nem te perseguirei. Apenas não quero te deixar ir embora, ou eu ir embora sem saber se você é quem eu procuro, quem me completa. E se eu sou quem você espera um dia encontrar (espero ser se tiver que ser).
A questão é... ele' será o meu alguém, ou será só mais alguém? Seja meu.
 Me puxe pela cintura, me beije com vontade. Me abrace sem que eu precise pedir, ou oferecer. Me mostre que ainda vale a pena acreditar, me queira, me deseje, me espere. ME CONCERTE!

sábado, 1 de dezembro de 2012

Alô

Estava eu em uma das minhas noites monótonas de sábado, quando ouço meu celular tocar.
-Alô!
Eram dois amigos meus. Me fizeram um convite que a priori imaginei ser brincadeira, só podia ser. Ainda mais vindo de amigos que tanto brincam com a vida. Mas não era, era real.
Me perguntaram se eu queria ir pra praia com eles AMANHA. Eles haviam acabado de decidir que queriam ir pra praia pra curtir, se divertir. Me fizeram propostas irrecusáveis, que qualquer pessoa em sã conciencia não negaria. Mas eu, boba, neguei.
Mesmo assim, contrariando a lógica da razão perguntei aos meus pais se havia alguma breve esperança de que eu pudesse ir, mas eu já sabia a resposta. Era obviamente não. Ainda mais pelo fato de que no amanha eu faria uma prova importante, que me daria talvez a chance de ter algo a mais no meu curriculum.
Desliguei o telefone e fui para a sala e fazer o meu singelo pedido. Eles disseram que me ligariam dentro de alguns segundos, então eu havia de ser breve. Disse a minha mãe:
- Mãe, eles me convidaram para ir para a praia amanha! Assim do nada. Deu vontade e eles vão.
Não houve nem um pedido, foi apenas uma indireta. Mas minha mãe seguindo o que era pra ser seguido disse que não... mas eu já esperava. Já esperaa não pelo fato de achar que meus pais não deixariam porque são chatos e cafonas. Mas porque realmente eu tinha um compromisso importante que não poderia ser adiado e foi tudo as pressas, como diz o ditado "muito em cima da hora". Eu entendia bem isso.
Voltei ao meu quarto e esperei a ligação deles novamente. Tocou o celular:
- Bárbara? Diz que você não vai fazer a prova!
Juro, minha vontade era falar: " Estou arrumando as malas já! que horas vocês passam aqui?" Mas não. Expliquei a eles que estava muito proximo do dia, e que eu teria que me organizar para fazer uma viagem dessa, que embora fosse rápida, necessitava de uma antecedência da minha parte. Eles compreenderam que nao era tão fácil pra mim quanto parecia ser... E logo em seguida um deles me disse algo que não me sai da cabeça, e é o motivo pelo qual eu escrevi essa enorme narrativa! Ele me disse:
- Quando você for mais velha, da idade dos seus pais, voce vai olhar pra tras e pensar o que? Que ficou dormindo enquanto a vida passava? Vamos curtir, vamos viajar, vamos viver!"
E embora fossem palavras tão clichês e bobas, me tocou. Me tocou pelo fato de que eles tem razão! Eu quero ter histórias pra contar aos meus filhos, quero ter momentos pra lembrar, chorar de rir novamente, quero viver! E nesse meu ano, não foi o melhor dos anos. PErdi muita coisa e deixei muita coisa passar sem que eu percebesse.
Eu quero viver. Sim eu quero. Porque embora quem quase morre esteja vivo, quem quase vive já morreu.

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Partir

Talvez eu tenha que ir. Talvez eu tenha que ficar. Talvez seja a hora de crescer. Talvez seja a hora de mudar.
Não sei quais são os planos do futuro pra mim, não sei o que me aguarda amanha. Mas sei que uma imensa confusão aperta meu coração e estraçalha meu cerebro. Queria poder viver embaixo das asas dos meus pais pra sempre. Não quero depender deles, mas queria ter a proteção. Proteção de sair de casa e abraça-los, e quando voltar eles ainda estarem ali.
Eu tenho medo de partir. Não sei o que me aguarda lá na frente, não sei quem vou encontrar. Café da manha da mamãe, almoço do papai. O tempo tem passado tão rápido que as vezes não me toco que já cresci, já não noto que mudei, já não vejo que passou.
Como encarar a realidade? como aceitar que é preciso ter metas pra viver, mas que as vezes também tem que se perder?
Lágrimas escorrem pelo meu rosto e me entristecem ao me lembrar que não sei nem o que serei daqui a dois minutos, muito menos saberei sobre o amanhã. Se for melhor eu ir, eu irei. Se for melhor ficar, ficarei. Nada é feito de um jeito que não deva acontecer.

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Viagem de última hora

Sexta-feira passada fui viajar. Meu padrinho e meus primos foram para a casa do meu avô num evento da cidade de Cafelândia (Cafearts). Viajei as pressas, sem previsão. Peguei o onibus aqui, e fui. Refleti no onibus, se estava certo eu ir, se seria bom. Pensei nos meus pais, como andava minha vida, e afins. Eu precisava mesmo esfriar a cabeça.
Minha expectativas foram todas contrárias as que eu esperava. Achava que todos iam querer me matar, e me mandar embora pra cá, mas eu me diverti, e acredito que minha familia se divertiu comigo também.
Enfim, no decorrer da viagem, fomos ao show do Nx Zero que iria acontecer no evento. E, por incrivel que pareça, algumas palavras do vocalista foram como se fossem faladas pra mim. E uma das músicas que me tocou e me fez perceber que não posso desistir foi " Espero a minha vez".

Resumindo a viagem: Foi ótima. Espero fazer mais viagens como essa com meus familiares. Tenho outra viagem pra casa do meu padrinho mes que vem, mas acho que estou criando expectativas demais. Melhor eu deixar as coisas acontecerem normalmente que essa viagem vai ser tão boa quando a viagem pra Cafelandia. Definitivamente amo minha família, apesar de todos os erros do passado já cometidos por eles. 
Ai vai a letra da música, só pra registrar. Bom, era isso.

Se o medo e a cobrança tiram minha esperança, tento me lembrar de tudo que vivi. E o que tem por dentro, ninguém pode roubar.
Descanso agora, pois os dias ruins todo mundo tem... Já jurei pra mim não desanimar. E não ter mais pressa pois sei que o mundo vai girar... Eu espero a minha vez!

O suor e o cansaço fazem parte dos meus passos. O que nunca esqueci é de onde vim, e o que tem por dentro ninguém pode roubar.
Descanso agora, pois os dias ruins todo mundo tem... Já jurei pra mim não desanimar. E não ter mais pressa pois sei que o mundo vai girar... Eu espero a minha vez!

E eu não to aqui pra dizer o que é certo e errado, ninguém tá aqui pra viver em vão.
Então é bom valer à pena, então é pra valer à pena, ou melhor não.


Os dias ruins todo mundo tem... Já jurei pra mim não desanimar. E não ter mais pressa, pois sei que o mundo vai girar.

E eu espero a minha vez!

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Brasil, meu Brasil brasileiro

Encontrei este texto, e o achei extremamente interessante e real. Sou muito nacionalista, e não tenho medo nem vergonha de falar.

" Eu tenho orgulho do país que nasci.

Escritora holandesa, falando sobre o Brasil. Texto sensacional, vale a pena a leitura!"

"Os brasileiros acham que o mundo todo presta, menos o Brasil, realmente parece que é um vício falar mal do Brasil. Todo lugar tem seus pontos positivos e negativos, mas no exterior eles maximizam os positivos, enquanto no Brasil se maximizam os negativos. Aqui na Holanda,

os resultados das eleições demoram horrores porque não há nada automatizado. Só existe uma companhia telefônica e pasmem: Se você ligar reclamando do serviço, corre o risco de ter seu telefone temporariamente desconectado.

Nos Estados Unidos e na Europa, ninguém tem o hábito de enrolar o sanduíche em um guardanapo - ou de lavar as mãos antes de comer. Nas padarias, feiras e açougues europeus, os atendentes recebem o dinheiro e com mesma mão suja entregam o pão ou a carne.

Em Londres, existe um lugar famosíssimo que vende batatas fritas enroladas em folhas de jornal - e tem fila na porta.

Na Europa, não-fumante é minoria. Se pedir mesa de não-fumante, o garçom ri na sua cara, porque não existe. Fumam até em elevador.

Em Paris, os garçons são conhecidos por seu mau humor e grosseria e qualquer garçom de botequim no Brasil podia ir pra lá dar aulas de ‘Como conquistar o Cliente’.

Você sabe como as grandes potências fazem para destruir um povo? Impõem suas crenças e cultura. Se você parar para observar, em todo filme dos EUA a bandeira nacional aparece, e geralmente na hora em que estamos emotivos.

Vocês têm uma língua que, apesar de não se parecer quase nada com a língua portuguesa, é chamada de língua portuguesa, enquanto que as empresas de software a chamam de português brasileiro, porque não conseguem se comunicar com os seus usuários brasileiros através da língua Portuguesa. Os brasileiros são vitimas de vários crimes contra a pátria, crenças, cultura, língua, etc. Os brasileiros mais esclarecidos sabem que temos muitas razões para resgatar suas raízes culturais.

Os dados são da Antropos Consulting:
1. O Brasil é o país que tem tido maior sucesso no combate à AIDS e de outras doenças sexualmente transmissíveis, e vem sendo exemplo mundial.
2. O Brasil é o único país do hemisfério sul que está participando do Projeto Genoma.
3. Numa pesquisa envolvendo 50 cidades de diversos países, a cidade do Rio de Janeiro foi considerada a mais solidária.
4. Nas eleições de 2000, o sistema do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) estava informatizado em todas as regiões do Brasil, com resultados em menos de 24 horas depois do início das apurações. O modelo chamou a atenção de uma das maiores potências mundiais: os Estados Unidos, onde a apuração dos votos teve que ser refeita várias vezes, atrasando o resultado e colocando em xeque a credibilidade do processo.
5. Mesmo sendo um país em desenvolvimento, os internautas brasileiros representam uma fatia de 40% do mercado na América Latina.
6. No Brasil, há 14 fábricas de veículos instaladas e outras 4 se instalando, enquanto alguns países vizinhos não possuem nenhuma.
7. Das crianças e adolescentes entre 7 a 14 anos, 97,3% estão estudando.
8. O mercado de telefones celulares do Brasil é o segundo do mundo, com 650 mil novas habilitações a cada mês.
9. Telefonia fixa, o país ocupa a quinta posição em número de linhas instaladas..
10. Das empresas brasileiras, 6.890 possuem certificado de qualidade ISO-9000, maior número entre os países em desenvolvimento. No México, são apenas 300 empresas e 265 na Argentina.
11. O Brasil é o segundo maior mercado de jatos e helicópteros executivos.

Por que vocês têm esse vício de só falar mal do Brasil?

1. Por que não se orgulham em dizer que o mercado editorial de livros é maior do que o da Itália, com mais de 50 mil títulos novos a cada ano?
2. Que têm o mais moderno sistema bancário do planeta?
3. Que suas AGÊNCIAS DE PUBLICIDADE ganham os melhores e maiores prêmios mundiais? :)
4. Por que não falam que são o país mais empreendedor do mundo e que mais de 70% dos brasileiros, pobres e ricos, dedicam considerável parte de seu tempo em trabalhos voluntários?
5. Por que não dizem que são hoje a terceira maior democracia do mundo?
6. Que apesar de todas as mazelas, o Congresso está punindo seus próprios membros, o que raramente ocorre em outros países ditos civilizados?
7. Por que não se lembram que o povo brasileiro é um povo hospitaleiro, que se esforça para falar a língua dos turistas, gesticula e não mede esforços para atendê-los bem? Por que não se orgulham de ser um povo que faz piada da própria desgraça e que enfrenta os desgostos sambando.

É! O Brasil é um país abençoado de fato. Bendito este povo, que possui a magia de unir todas as raças, de todos os credos. Bendito este povo, que sabe entender todos os sotaques. Bendito este povo, que oferece todos os tipos de climas para contentar toda gente. Bendita seja, querida pátria chamada BRASIL ! "

sábado, 18 de agosto de 2012

Viver

Quantas vezes você andava na rua e sentiu um perfume e lembrou de alguém que gosta muito?
Quantas vezes você olhou para uma paisagem em uma foto, e não se imaginou lá com alguém?
Quantas vezes você estava do lado de alguém, e sua cabeça não estava ali?
Alguma vez você já se arrependeu de algo que falou dois segundos depois de ter falado?
Você deve ter visto que aquele filme, que vocês dois viram juntos no cinema, vai passar na TV... E você gelou porque o bom daquele momento já passou...
E aquela música que você não gosta de ouvir porque lembra algo ou alguém que você quer esquecer mas não consegue?
Não teve aquele dia em que tudo deu errado, mas que no finzinho aconteceu algo maravilhoso?
E aquele dia em que tudo deu certo, exceto pelo final que estragou tudo?
Você já chorou por que lembrou de alguém que amava e não pôde dizer isso para essa pessoa?
Você já reencontrou um grande amor do passado e viu que ele mudou?
As respostas dessas perguntas nem sempre são agradáveis, assim como nem sempre a vida nos agrada.
Mas o importante sobre essas perguntas não é a resposta em si...  Mas sim o sentimento, o momento. Todos nós amamos, erramos ou julgamos mal alguma vez. Todos nós já fizemos uma coisa quando o coração mandava fazer outra. Então, qual a moral disso tudo?
Nem tudo sai como planejamos portanto, uma coisa é certa: Não continue pensando em suas fraquezas e erros, faça tudo que puder para ser feliz hoje, e até mesmo quando a vida lhe fechar a porta, pule uma janela.

sexta-feira, 20 de julho de 2012

Feliz dia do amigo

Ei voces, amigos. Pessoas que com o passar do tempo foram conquistando minha confiança e meu coração, me fazendo sentir segura o suficiente para dividir todos os meus pensamentos e sentimentos com voces. Sei que erro e que ainda errarei muito, e peço desculpa pelas vezes em que meus erros me fizeram uma pessoa má. Mas é graças à voces, as gargalhadas sem motivos, brincadeiras sem sentido e as conversas sem razões que eu crio forças pra seguir. Voces tem o dom de me fazer sorrir com suas idiotices quando tudo o que eu quero é cair em lagrimas. Conhecem meus defeitos, minhas manias e meus medos, e mesmo assim continuam ao meu lado. Só posso agradecer por tudo o que fizeram e ainda farão por mim. Peço que sempre fiquem ao meu lado, por sem voces não sei o que seria de mim. Feliz dia do Amigo à voces meus amigos, e à aqueles que tem alguém que tem a honra ser chamado de amigo.

"Eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem morrido todos os meus amores... mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos!" (Vinicius de Moraes)

quarta-feira, 18 de julho de 2012

Perdoar e esquecer

Na vida apenas uma coisa é certa, além da morte e dos impostos : Não importa o quanto voce tente, não importa se são boas suas intenções, voce cometerá erros. E voce irá machucar as pessoas, e se machucar. E se algum dia voce quiser se recuperar, há apenas uma coisa que pode ser dita; "Eu te perdôo." Perdoar e esquecer. É isso que dizem por ai. É um bom conselho, mas não muito prático.
Quando alguém nos machuca, queremos machuca-los devolta. Quando alguém erra conosco queremos estar certos. Sem perdão, antigos placares nunca empatam, velhas feridas nunca fecham. E o maximo que podemos esperar é que um dia tenhamos a sorte de esquecer.

quinta-feira, 12 de julho de 2012

Cicatrizes

Pessoas tem cicatrizes em todos os tipos de lugares inesperados, como mapas secretos de suas vidas pessoais, diagramas de todas as suas feridas antigas. A maioria de nossas ferid as antigas se curam, deixando somente uma cicatriz.Mas algumas não. Algumas feridas nós carregamos para todos os lugares, e acreditamos que ela já é antiga quando pensamos que já fecharam. O que é pior, é que novas feridas são horrivelmente dolorosas. Ou doem mais feridas antigas que deveriam ter se curado há anos mas nunca se fecharam? Talvez nossas feridas antigas nos ensinem alguma coisa. Elas nos lembram de onde viemos e pelo que passamos. Nos ensinam lições sobre o que evitar no futuro. É assim que gostamos de acreditar, mas nem sempre é assim. Algumas coisas temos que aprender de novo e de novo. Sempre doendo as novas feridas já machucadas.

terça-feira, 3 de julho de 2012

Ainda espero...

" Espero... Não sei se tenho tempo...
Espero... Poder estar atento pra lhe ouvir falar as coisas que eu não entendo.
Porque você me olha desse jeito? Como se voce quissesse alguma coisa, alguma coisa que eu tenho...
Alguma coisa que eu tenho que encontrar em meu caminho, pra que eu possa compreender sozinho as coisas que eu não entendo.
Porque o amor é passageiro? de viagens sem destino? como um filme sem roteiro?
Eu seria bem melhor assim, se tivesse voce junto a mim, talvez procurasse entender as coisas que eu não entendo! "

Eu procuro algo dentro de mim que nem eu mesma sei se existe... Esperar tem sido o lema da minha vida. Porque expor a minha vontade, ou simplesmente demonstrar e ter a esperança de receber algo em troca tem sido um eterno aguardo.

sábado, 23 de junho de 2012

Momentos, nossa essência.

 Nunca julgue uma pessoa por um momento, pois a vida nos mostra que pessoas podem ser como árvores. Uma árvore pode ter quatro momentos, ela muda a cada estação. Se na primavera ela é linda e verde, folhas limpas e flores coloridas, no outono ela se torna triste, apagada, aparentemente sem vida, seus galhos já não são como era antes e a beleza não é a mesma. Mas essa árvore não deixa de ser a mesma na sua essência.
 É preciso que ela passe por isso. É preciso um Outono e inverno para que a árvore amadureça e volte cada vez mais forte na primavera.
 As pessoas são assim, olhe ao seu redor, veja! Há pessoas que estão em seu inverno, e outras se recuperando para uma primavera melhor. Precisamos cuidar de cada uma, fazer o bem. Não as julgue ou critique pela sua estação, é preciso os dias ruins para que volte o brilho nos olhos!

É...

Quem mais deveria ler, não lê. Quem mais deveria ver, não vê. Quem mais deveria sentir, não sente. Ai o tempo passa. E aquele que não leu, lê. Aquele que não viu, vê. Aquele que não sentiu, sente. Porque as coisas tem que ser assim?! Não poderiam acontecer normalmente, e que o nosso senso de vida nos mostrasse o certo,o melhor. Eu vejo hoje que fui tão boba em tanta coisa. Perdi chances que parece que hoje eu não conseguirei ter denovo... Eu não posso dizer que não tento. Eu tento. Mas eu tento devagar, sem parecer me entregar à tudo tão rapidamente. E ninguém vê... Ou ninguém quer ver.
 O pior às vezes não é nem o fato de algo não ter acontecido. É a minha imaginação, que cria sempre aquelas ideias, aqueles momentos onde as coisas dão certo na minha mente. E ai, quando chega na hora, nada acontece como eu imaginei. E sempre me decpeciono.
 Esperar as coisas darem certo, cansa. Pode demorar... Mas uma hora, cansa.

sexta-feira, 22 de junho de 2012

Eu quero

Eu quero. Quero estudar, quero passar no vestibular no final do ano e entrar em uma universidade pública no curso que eu escolhi, quero sentir orgulho de mim. Quero poder me olhar no espelho e ver que lutei para chegar até onde cheguei, quero enchugar minhas proprias lágrimas de alegria. Quero proporcionar alegria aos meus pais, quero que eles olhem para a única filha que colocaram nesse mundo e saibam que valeu a pena cada minuto em que investiram e ainda investirão seu dinheiro, seu tempo, sua vida em mim. Quero que eles sintam orgulho de mim. Quero minha cachorra e meu calopsita pra sempre comigo, eles são meus irmãos animais que não puderam vir como humanos. Quero me sentir bonita, me valorizar. Quero colocar um vestido fresquinho, ou me encapotar de blusas e me sentir perfeita. Quero me amar.
 Quero abraçar meus pais todos os dias e mostrar a eles o quanto os amo, e o quanto necessito deles TODOS OS DIAS DA MINHA VIDA ao meu lado. Quero brincar com eles, jogar "333", dominó, 21; Quero brincar com eles pra sempre. Quero a lucidez dos meus pais nem que isso custe a minha sanidade.
Quero dar o melhor de mim na faculdade, mas tambem quero ir pra festas, chegar em casa ao amanhecer. Quero beber e rir de bobeiras, quero dançar e não ver o tempo passar. Quero beijar, quero momentos inesqueciveis, quero homens diferentes. Quero fazer novos amigos sem esquecer os velhos, quero tirar fotos pra sempre lembrar dos momentos que minha memória com o passar dos anos for esquecendo. Quero tocar violão na praia, cantar e gritar sem medo de ser feliz. Quero me formar, ser uma boa profissional. Quero comprar uma casa e dar aos meus pais. Quero ter dinheiro para dar aos meus pais tudo o que eles merecem. Quero um carro. Quero um bom emprego.
Quero sair com meus amigos, baladas, festas, bares. Quero viajar, conhecer o meu Brasil, conhecer o meu mundão. Quero andar de navio, quero andar de avião. Quero barco a vela, floresta, mares, céu. Quero rir, gargalhar, chorar, sentir saudade. Quero pintar.
Quero conhecer alguem legal, alguém que valha a pena me apaixonar. Ou alguém que já esteja na minha vida, mas eu ainda não vi. Alguém que me ame, que eu possa amar sem medo da solidão. Quero namorar, encarar o amor e viver feliz. Quero jantar a luz de velas com música romantica, quero beijo na testa, mãos dadas. Quero cafuné, filme e pipoca embaixo das cobertas. Quero noites em claro rindo, quero guerra de travesseiros. Quero brigas e telefonemas de desculpas.
Quero noivar. Quero uma festa em homagem as Bodas de Ouro dos meus pais. Quero casar. Entrar na igreja abraçada com meu Pai, e ser entregue nas mãos de alguém que vá estar comigo até o fim dos meus dias. Quero estar de vestido branco, e me emocionar. Ver meus amigos nos bancos da igreja, minha Mãe e meu Pai de maos dadas e felizes por mim, minha família inteira ali. Quero jogar o buquê. Quero lua de mel, quero filhos. Quero que meus filhos amem seus avós. Quero que meus pais vejam meus filhos crescerem. Quero ver a velhice chegar para todos nós. Quero que quando a hora dos meus anjos cheguem, a minha chegue também. Quero alegria à quem fica, e paz à quem vai. Quero chegar no céu, ou seja lá onde for e descobrir o mistério da vida.
Sim, eu quero. EU QUERO VIVER.
E que viver não seja feita apenas de bons momentos. Que haja ensinamentos onde a dor é necessária. Mas que eu tenha ali do meu lado o alicerce da minha vida: Meu Pai e minha Mãe. Quero sorrir e chorar, quero consolar e precisar de consolo. Quer amar e ser amada, quero sentir e ser sentida.
Eu quero... Apenas, quero ser capaz de conseguir o que quero. Mesmo que o meu querer não dependa só de mim. Eu quero que o que eu quero possa ser o querer de quem cordena todos os quereres.

domingo, 13 de maio de 2012

Esperar...

 Para não ver, a gente fecha os olhos. Para não ouvir, tampa os ouvidos. E para não sentir? O que é que a gente faz? Ando precisando tanto dessa resposta...
 Já chegamos a esse mundo chorando, pra que desde de recém-nascidos já saibamos que a vida aqui não será fácil. Eu preciso ser forte como já fui. Não, corrijo. Forte eu nunca fui, só sabia disfarçar melhor. Perdi um pouco desse dom.
 Queria poder ter um espacinho pra mim, pra que quando o mundo todo resolvesse me magoar eu pudesse me esconder de lá e só sair quando tudo já estivesse bem. Há momentos em que o que o coração diz, a boca não fala. O que o peito grita, a voz não traduz. Todas as palavras do mundo se resumem a nada.
 Sempre tento encontrar razão na vida pra tudo, e pessoas como eu sofrem mais, se decepcionam mais...
 Eu não vou pedir carinho, nem atenção, nem amor a ninguém. Viverei sozinha quanto tempo tiver que passar, eu não ligo. Vai doer?! Vai. Eu sei que vai. Está doendo. 
 Nunca pedi um principe, nunca pedi dinheiro nem luxo. Meu maior desejo sempre foi ser feliz com alguém que pudesse estar feliz ao meu lado também. Dou o melhor do de mim no que eu faço, sou uma pessoa de fácil convivência, tento ser engraçada e fazer as pessoas a minha volta rirem, pra que mesmo que eu chore, aqueles que convivem comigo sorriam. Isso me deixa mais feliz. 
 Mas as coisas ao invéz de melhorar... pioram. Sinto que a minha vida é um conto de falhas. Um vazio em mim. Mas não de fome, de sentimentos.
 Já nem sei mais o que falar, não sei mais como agir, não sei o que fazer. Simplismente não sei. Vou seguir.    Continuar estudando para poder dar orgulho aos meus pais, e quetar o meu coração. Parar de achar que todos são lindos e que tudo é perfeito. Se nem Jesus Cristo agradou a todos, quem sou eu pra agradar?! Ninguém, como sempre.
 De todas as dificuldades que uma pessoa tem de enfrentar, a mais sofrida é, sem dúvida o simples ato de esperar.

Montagem de ideias - Bárbara Brito

quarta-feira, 9 de maio de 2012

Nesta noite, nada me segura

  Este é um texto do blog de uma amiga minha, que me faz pensar em como eu ando precisando de algo assim. 

 " Perdão meu amor, vou ter que lhe deixar na mesinha da boate porque esta noite eu preciso dançar. Não que eu não goste de um momento a dois, uma troca de carinhos e suas palavras românticas. Mas hoje a garota que há em mim quer se libertar.
 Nunca fiz o tipo baladeira ou garota da pista, que agita e anima todos. Você me conhece de cor e sabe bem disto, mas esta noite é minha. O Dj está tocando e a pista me espera. As luzes resgatam o meu brilho e a batida me faz vibrar por dentro e por fora.
 Sabe, lindo, após tantas decepções, idas e vindas preciso descarregar as energias ruins. Não, não quero ler um romancetinho água-com-açúcar para espairecer. Nem o Dr. Machado de Assis com seus realismos, nem o querido Nicholas Sparks com seus dramas lindos, nem mesmo as ficções ou os contos de Stephen King serão capazes de fazerem minha mente desligar. Eu preciso de mais, preciso de movimento, de balanço, agito e música. Quero sentir a música e meu corpo ser embalado por ela.
 Me ver de blusinha de paetê dourada e sainha de cintura alta preta super curta, dançando no meio da pista de dança aquela música agitada do David Gueta me faz rir por dentro. Mas a sensação de libertação é única!
 Amor, eu estava cansada de ouvir as pessoas tentando mudar minhas escolhas, me cansei de pessoas se intrometerem nas minhas decisões e só criticarem minhas escolhas. Ninguém é capaz de entender meu modo de pensar, mas todo mundo adora querer tomar as minhas decisões e falar como sou indecisa, louca e ingênua.
 "Coitada da garota que ama livros, ela sonha alto demais. Ela é tão ingênua, tão inocente. Se esquece que o mundo não é como em seus romances literários." Não é isso o que as pessoas gostam de afirmar? Pois é, hoje é o dia em que vou esquecer isto pelo menos algumas horas. É o dia que vou dançar até meus pés doerem, se precisar. Quero dançar até a última música. Beber até o último drinque do cartão do open-bar. Sentir a batida das músicas e dançar. É só isto para esta noite. Dançar até a última música. Venha comigo, vamos dançar! Até a última música, até o sol nascer... "


Blog: http://mundoninna.blogspot.com.br/ 

Facebook: http://www.facebook.com/larissa.tassin?fref=ts

segunda-feira, 7 de maio de 2012

Preciso parar, preciso esperar. Mas a solidão dói e eu sigo inventando personagens. Odeio minha fraqueza em me enganar. Eu invento amor, sim e dói admitir isso. Mas é que não aguento mais não dar um rosto para a minha saudade. É tudo pela metade, ao menos a minha fantasia é por inteiro.. enquanto dura. No final bruto, seco e silencioso é sempre isso mesmo, eu aqui meio querendo chorar, meio querendo mentir sobre a vida até acreditar. E aí eu deito e penso em coisas bonitinhas. E quando vou ver, já dormi.

sábado, 5 de maio de 2012

Não fique triste se alguém lhe virar as costas; Isso significa apenas que essa pessoa não pode aguentar a firmeza do seu olhar. Não pense nos momentos dificeis como o fim do mundo, e sim como um obstáculo a ser superado, pois é dos momentos dificieis que se cresce.

domingo, 29 de abril de 2012

Vai

O pior engano é enganar a si mesmo, e a pior das culpas é saber que o que fez foi errado e mesmo assim persistir no erro. Nunca vai ser diferente, e nunca vai ser novo , se não começar a mudar apartir de você.
Esperar que tudo mude e fique melhor é fácil. Agora fazer as modificações acontecerem, exige esforço.
Se quer diferença seja a diferença, se quer o melhor seja o melhor, se quer a felicidade seja a felicidade. Porque não dá mais pra se enganar a essas alturas da vida.
(Bárbara Brito - 30/04/2012)

A mais profunda raiz do fracasso em nossas vidas é pensar, 'Como sou inútil e fraco'. É essencial pensar poderosa e firmemente, 'Eu consigo', sem ostentação ou preocupação. - Dalai Lama

domingo, 18 de março de 2012

Me and you

É engraçado quando você se vê olhando pelo lado de fora. Eu estou aqui, mas tudo o que eu quero é estar lá.
Porque eu me deixei acreditar que milagres poderiam acontecer?! Porque agora eu tenho que fingir que não estou nem ai?!
Eu acho que você é o meu conto de fadas, um sonho quando eu não estou dormindo... Um pedido feito as estrelas que está se realizando... Mas todo mundo podia perceber que eu confundi meus sentimentos com a verdade, quando havia eu e você...
Eu jurei que eu sabia a melodia que eu ouvi voce cantando e quando voce sorriu me fez sentir que eu poderia cantar junto. Mas ai voce foi lá e mudou as palavras, e agora meu coração está vazio, e eu fiquei com o que sobrou... uma musica antiga.
Agora eu sei que não é um conto de fadas, e que sonhos são feitos pra quando se está dormindo. E que desejos feitos as estrelas não se realizam...Porque agora eu posso perceber que confundi meus sentimentos com a verdade, porque eu gosto da visão que voce representa pra mim.
Não consigo acreditar que podia ser tão cega, eu espero flutuar e não cair, ou quando eu estiver caindo você se importar.
Porque eu gosto da visão que você representa pra mim. 
Porque você é o que eu quero pra mim.

quinta-feira, 15 de março de 2012

Com voces e apenas voces

É tão dificil nos acostumarmos com a ausencia do que nos faz bem.
Quando temos aquela vida tão confortavel, não digo perfeita, porque vida perfeita seria aquela onde tudo o que queremos dá certo, e uma vida murcha e sem conquistas, afinal tudo viria de mão beijada. A confortabilidade da vida a que me refiro é aquele ponto onde com algum esforcinho conseguimos ter ali do lado, coisas/pessoas que nos fazem ficar bem, sorrir, nos fazem um feliz nem que seja momentaneamente. E mesmo voce sabendo que com o passar do tempo isso mudará, seja por dificuldades ou circunstancias da vida, voce se apega e não consegue não acreditar que sempre será assim.
Mas as coisas mudam, não acabam, apenas fazem uma pausa por um tempo.
E nessa pausa, a gente sente uma falta danada.
Falta dos sorrisos, falta das brincadeiras sem sentido e idiotas, mas que te faziam gargalhar. E o pior de tudo não é não ter mais agora, é pensar de mais pra frente, quando essa pausa acabar e nossas vidas quetarem um pouco, voltará a ser como era, ou se pelo menos, voce terá ali aquelas mesmas pessoas pra ainda rir e ser feliz.
O que se pode fazer é tentar manter essas pessoas ao nosso lado agora e depois, e usar esses breves intervalos como nossos aliados, dando saudade, pra quando nos vermos denovo, ser tão fantastico e maravilhoso como sempre foi.

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Uma grande diferença

" Chamar alguém de feio não te deixa mais bonito,ficar sem comer não te deixa um palito, excluir uma pessoa não te torna mais popular, não são as marcas que vão te rotular, xingar alguém de gordo não te emagrece, dizer que uma pessoa é triste não traz felicidade, falar que alguém é fraco não te fortalece, dizer que uma pessoa é metida não te traz a humildade, falar que alguém é insignificante não te engrandece, dizer que uma pessoa é falsa não te leva à verdade. Dinheiro não compra felicidade, conhecer muita gente não é o mesmo que ter amigos, ser famoso é diferente de ser querido. sexy não é o mesmo que vulgar, atração é diferente de amar. "

(autor desconhecido, mas que merece o meu singelo respeito)

Meu óculos

É como precisar de óculos… Quando eu era criança, tinha dores de cabeça, ia ao médico e ele dizia que eu precisava de óculos. Eu não entendia isso. Não fazia sentido pra mim, porque eu enxergava bem. Aí, eu comprei os óculos, os coloquei quando estava no carro, no caminho de casa e de repente… eu gritei. Porque as grandes bolas verdes que eu via durante toda a minha vida, não eram bolas verdes. Eram folhas nas árvores. Eu podia ver as folhas. E eu nem sabia que estava perdendo a chance de ver as folhas. Eu nem sabia que folhas existiam. E então… FOLHAS! Você é o meu óculos! 
(Grey’s Anatomy)

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Nós

Olhe pra nós, vivemos correndo, sempre com pressa, sempre atrasados... acho que é isso que chamam de raça humana. O que mais precisamos nesse mundo é de afeto. Para algumas pessoas acontece de primeira vista, quando voce acha a pessoa certa. É o destino exercendo a sua magia. E é ótimo quando acontece, voce fica sentindo aquele friozinho na barriga que parece que nunca vai passar, mas nem sempre funciona assim...para o resto de nós é um pouco menos romantico, é complicado e confuso. São momentos errados e oportunidades perdidas, e não ser capaz de dizer o que precisamos dizer quando precisamos dizer...
Olhe só pra nós, vivemos correndo, sempre com pressa, sempre atrasados. Acho que isso que chamam de raça humana. Mas as vezes a gente diminui o ritmo o bastante pra que as peças se encaixem e o destino exerce sua magia e voce encontra afeto.
De vez em quando por obra do acaso, alguma coisa inesperada acontece e nos impurra pra frente e a verdade é que eu to començando a sentir que talvez a raça humana não seja essa correria toda.
(Coincidências do Amor)

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

domingo, 5 de fevereiro de 2012

Use somedoby - Kings of Leon

Tenho estado com uma musica na minha cabeça por varios e varios dias, e como o proprio titulo do post fala, USE SOMEBODY - Kings of Leon. E Então, deve haver um motivo para que essa musica permaneça tanto comigo, e resolvi falar um pouco do que ela passa pra mim. Já aviso, que não estou dizendo que o que eu entendo da musica esta havendo comigo, só digo o que sinto e as coisas que penso quando a ouço.

Como próprio titulo diz, "usar alguém, precisar de alguém, necessitar de alguém". Acho que todos nós no decorrer de nossas vidas precisamos realmente de alguém, alguém que nos faça sorrir, que nos ensine certas artimanhas da vida, que nos deêm broncas quando necessario, que nos faça bem, alguém que esteja ao nosso lado nos melhores e nos piores momentos.
Começamos a ouvir a musica temos "  I've been roaming around always looking down at all I see. Painted faces, fill the places I can't reach". Analizando a meu ver, vejo metaforas, que pra mim siginifcam algo como, talvez, a falta de coragem que as vezes temos, aquele medo que nos impede de fazer o que realmente queremos, que nos desanima, e deixa tudo parecer impossivel.
"You know that I can use somebody".Não é preciso dizer nada aqui, esta apenas afirmando o que disse acima, sobre precisar de alguém.
"Someone like you, and all you know, and how you speak countless lovers under cover of the street". Alguém, alguém como você. Você pessoa, cada um tem a sua pessoa (ou pelo menos era pra ser assim), pessoa que nos faz bem, aqueles pequenos detalhes que fazem com que nos apeguemos mais a essa pessoa. Simples detalhes como um olhar, uma conversa, um sorriso, tudo o que ela sabe, e tudo o que ela é. Aquele jeito de conviver que nos agrada, e nos faz querer sempre estar ali, vivendo dessa maneira.
"You know that I can use somebody, someone like you". Então novamente é afirmado que é você, alguém como voce. 
"Off in the night, while you live it up, I'm off to sleep.Waging wars to shake the poet and the beat". Sinto ai então uma diferença no modo de viver.
"I hope it's gonna make you notice someone like me" .Onde cada um vive como pode, simplesmente esperamos que essa diferença não impessa o nosso alguém de chegar até nós , e que finalmente essa pessoa possa notar que o nosso alguém que tanto esperamos, é ela. 
"I'm ready now...someone like you". Agora parece que estamos realmente prontos, apenas esperando que a pessoa chegue, se aproxime mais, perceba que é ela o nosso alguém.
E então pra finalizar ele repete o primeiro trecho da musica, ainda mostrando que estamos esperando... Esperando que a nossa pessoa venha e permaneça conosco.

Agora analizando de um outro lado pensando pelo eu-lírico, vejo que ele se sente meio deslocado em relação a pessoa amada, que enquanto ela se aventura na ruas com outras pessoas, ele a busca em seus sonhos, se apaixonando cada vez mais por ela, e assim pedindo então que ela repare nele, como ele repara e quer ela. 

Sei que não deve ter ficado muito claro a explicação de como entendo a musica, mas é complicado falar de algo sem poder citar exemplos pessoais. Mas pelo menos me sinto mais tranquila, sabendo que essa musica representa algo pra mim. Acho que por inquanto é isso.

O Menestrel - William Shakespeare

Sempre admirei muito esse texto do Willian Sheakspeare. Ele diz muito sobre a vida, Quem dera se todos entendessem o que ele diz. Inclusive eu.

" Depois de algum tempo, você aprende a diferença, a sutil diferença, entre dar a mão e acorrentar uma alma. E você aprende que amar não significa apoiar-se, e que companhia nem sempre significa segurança. E começa a aprender que beijos não são contratos e presentes não são promessas. E começa a aceitar suas derrotas com a cabeça erguida e olhos adiante, com a graça de um adulto e não com a tristeza de uma criança.

E aprende a construir todas as suas estradas no hoje, porque o terreno do amanhã é incerto demais para os planos, e o futuro tem o costume de cair em meio ao vão. Depois de um tempo você aprende que o sol queima se ficar exposto por muito tempo. E aprende que não importa o quanto você se importe, algumas pessoas simplesmente não se importam... E aceita que não importa quão boa seja uma pessoa, ela vai feri-lo de vez em quando e você precisa perdoá-la, por isso. Aprende que falar pode aliviar dores emocionais.

Descobre que se levam anos para se construir confiança e apenas segundos para destruí-la, e que você pode fazer coisas em um instante das quais se arrependerá pelo resto da vida. Aprende que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distâncias. E o que importa não é o que você tem na vida, mas quem você tem na vida. E que bons amigos são a família que nos permitiram escolher. Aprende que não temos que mudar de amigos se compreendemos que os amigos mudam, percebe que seu melhor amigo e você podem fazer qualquer coisa, ou nada, e terem bons momentos juntos.

Descobre que as pessoas com quem você mais se importa na vida são tomadas de você muito depressa, por isso sempre devemos deixar as pessoas que amamos com palavras amorosas, pode ser a última vez que as vejamos. Aprende que as circunstâncias e os ambientes tem influência sobre nós, mas nós somos responsáveis por nós mesmos. Começa a aprender que não se deve comparar com os outros, mas com o melhor que pode ser. Descobre que se leva muito tempo para se tornar a pessoa que quer ser, e que o tempo é curto. Aprende que não importa onde já chegou, mas onde está indo, mas se você não sabe para onde está indo, qualquer lugar serve. Aprende que, ou você controla seus atos ou eles o controlarão, e que ser flexível não significa ser fraco ou não ter personalidade, pois não importa quão delicada e frágil seja uma situação, sempre existem dois lados.

Aprende que heróis são pessoas que fizeram o que era necessário fazer, enfrentando as conseqüências. Aprende que paciência requer muita prática. Descobre que algumas vezes a pessoa que você espera que o chute quando você cai é uma das poucas que o ajudam a levantar-se.

Aprende que maturidade tem mais a ver com os tipos de experiência que se teve e o que você aprendeu com elas do que com quantos aniversários você celebrou. Aprende que há mais dos seus pais em você do que você supunha. Aprende que nunca se deve dizer a uma criança que sonhos são bobagens, poucas coisas são tão humilhantes e seria uma tragédia se ela acreditasse nisso.

Aprende que quando está com raiva tem o direito de estar com raiva, mas isso não te dá o direito de ser cruel. Descobre que só porque alguém não o ama do jeito que você quer que ame, não significa que esse alguém não o ama, contudo o que pode, pois existem pessoas que nos amam, mas simplesmente não sabem como demonstrar ou viver isso.
Aprende que nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém, algumas vezes você tem que aprender a perdoar-se a si mesmo. Aprende que com a mesma severidade com que julga, você será em algum momento condenado. Aprende que não importa em quantos pedaços seu coração foi partido, o mundo não pára para que você o conserte. Aprende que o tempo não é algo que possa voltar para trás.

Portanto... plante seu jardim e decore sua alma, ao invés de esperar que alguém lhe traga flores. E você aprende que realmente pode suportar... que realmente é forte, e que pode ir muito mais longe depois de pensar que não se pode mais. E que realmente a vida tem valor e que você tem valor diante da vida! "